CONE Verão 2011

janeiro 21, 2011 § 1 comentário

Essa semana está rolando, e quase pra terminar, o Cone Design, edição de Verão 2011! Durante a semana de 16 a 23 de Janeiro, estão acontecendo reuniões, debates, palestras e mostra de videos sobre Design na ESDI, no Rio de Janeiro.

Criado em 1996, o Conselho Nacional dos Estudantes de Design – CONE Design – era uma associação que buscava representar todos os estudantes de design do país. Hoje, o CONE Design tem por objetivo reunir, mobilizar e representar os estudantes regularmente matriculados em cursos superiores de design do Brasil. É um espaço de debate e deliberação onde todos têm direito a voz. A participação é sempre muito bem-vinda e fundamental.

Um dos pontos altos dos últimos dias foi o lançamento da nova plataforma de comunicação do CONE, tão comentada e discutida nas edições anteriores.

E aí, interessou? Veja a transmissão ao vivo das reuniões e participe do CONE através do Chat simultâneo.

Quer saber mais sobre o CONE? A CONDe Carioca, Comissão Organizadora do N Design em 2011, preparou um novo video explicativo sobre o conselho:

Anúncios

Tragédia no Rio – como ajudar?

janeiro 15, 2011 § Deixe um comentário

Gostaria de escrever hoje sobre design e educação aqui hoje mas sem desmerecer o tema que dá sentido a este fórum e blog, o assunto deste post é muito mais importante.

O post hoje é dedicado as enchentes que estão ocorrendo no Sudeste e na tragédia da Região Serrana do Rio de Janeiro. Cerca de 90% das mais de 550 mortes foram registradas nas cidades de Nova Friburgo e Teresópolis na Região Serrana (and counting), mas Sumidouro, Petrópolis e São José do Vale do Rio Preto também foram fatalmente atingidas pelas enchentes.

As imagens são impressionantes, como vocês podem conferir no video de um salvamento abaixo:

O portal Terra destaca que a midia internacional critica uma falta de planejamento de catástrofes em um país que almeja ser desenvolvido, e aponta que nos últimos seis anos apenas 26% dos recursos disponíveis para o Centro Anti-desastres do Brasil foram utilizados.

Seja lá quem for culpado na história, além de ser difícil apontar nomes precipitadamente o mais importante é focar na ajuda àqueles que ainda correm riscos de vida nas cidades atingidas pela chuva. São milhares de desabrigados precisando de comida, roupas íntimas novas e dinheiro para ajudar na reconstrução das cidades. E o pior é que tem mais chuva vindo por aí. De qualquer forma, a Cruz Vermelha está precisando de voluntários e recebendo doações. Além da ONG internacional, existem diversos postos de recebimento de doações no estado do Rio de Janeiro como a rede Extra.

O que nós podemos fazer para ajudar? Acredito que as movimentações no grupo de emails do CONE Design, direcionando uma possível ação conjunta durante a próxima semana possa ser uma boa saída. Seja um video, um cartaz, um site, um concurso que reverteria os lucros às cidades atingidas pelas chuvas. Enfim, as possibilidades são muitas, o importante é agir, e espalhar uma ideia pode ser um começo.

Mais sobre a catástrofe na Região Serrana: confira o gráfico criado pela Zero Hora.

Por que o ensino de Design deve mudar?

dezembro 7, 2010 § 1 comentário

Através do RT de Alberto Cairo (@albertocairo) no twitt de José Kusunoki (@jkusunoki), professor de ‘Introducción a los Medios Digitales’ na Universidad Peruana de Ciencias Aplicadas, cheguei ao interessantíssimo texto de Don Norman, autor do livro “Emotional Design”, entre outros. Trata-se de: por que o ensino de Design deve mudar? O autor discorre sobre uma série de assuntos que o designer se preocupa, quando não deveria se preocupar tanto, como a perfeição em representações de desenhos e renderings (tratando o design como artes aplicadas); e de tantos outros problemas existentes que este deveria focar porém ignora como, por exemplo, a cognição e a emoção humanas.

O que me chamou muito a atenção não foi nem a crítica por parte do autor aos cursos alocados em centros de artes e arquitetura nas universidades, mas a preocupação que estudantes de design deveriam ter em aprender a descobrir e como descobrir as necessidades dos seres humanos (que vão além de usar suas próprias experiências de vida). Ele ainda faz uma crítica generalizada às conferências de design afirmando que as bancas examinadoras costumam ser falhas fazendo com que os eventos não tenham qualidade, apesar dos esforços dos pesquisadores.

Estando em estágio ainda inicial do curso de design não sei se o texto é desanimador, ao vislumbrar as fases que ainda estão por vir e pouco tem a ver com as disciplinas citadas; ou animador, já que tenho bons anos pela frente para colocar este assunto em pauta dentro da academia. Acho válido que uma reflexão geral sobre isso seja feita, afinal porque estudamos design? Para quem projetamos?

Quem tiver interesse em ler mais sobre o assunto deveria começar pelo texto que me inspirou fazer este post: Why design education must change de Don Norman.

O Ensino de Design em pauta em 2011

dezembro 2, 2010 § 2 Comentários

Enquanto o pessoal organiza novos posts sobre nossas conversas e debates pelo Brasil (eu mesmo estou organizando dois posts) venho aqui divulgar um evento que pode interessar a vocês. Durante o Encuentro Latinoamericano de Diseño Palermo 2011, com sede em Buenos Aires, será feita uma discussão sobre o ensino de design! (além de tantas outras atividades, claro) Olhem só:

Plenário do Fórum de Escolas de Design:
No marco do Encontro, terá lugar o II Congresso Latino-americano de Ensino do Design em que será realizado o quinto Plenário do Fórum de Escolas de Design, que nucleia mais de 220 instituições educacionais aderentes que se reúnem para refletir sobre a atualidade e o futuro do ensino do design na América Latina.
O evento acontecerá entre 26 e 29 de Julho/2011, e é totalmente gratuito! As inscrições já estão abertas!

Mais sobre o encontro (aqui).

Relatos e Feedbacks | Sul | ESPM-RS e APDesign-RS

setembro 16, 2010 § Deixe um comentário

Representando o FALE Design em Porto Alegre, o estudante Eduardo Hamond conversou com a Coordenadora de Design da ESPM-RS (Escola Superior de Propaganda e Marketing), a professora Carolina Bustos, e com o presidente da APDesign (Associação dos Profissionais de Design do Rio Grande do Sul), Mauro Martin.
A professora Carolina disse estar ciente das mudanças e não concorda com tal. A graduação atual é em Design Visual com ênfase em Marketing e caso ocorra a mudança, ela passará a ser generalista e a instituição ainda está pensando como ficará a nova grade. Além disso, a professora confirmou presença no P&D em outubro e ofereceu ajuda em o que for preciso.
O Sr. Mauro afirmou que também estava ciente e não concordava com a mudança. Como não é responsável por nenhuma instituição de ensino, ele não terá que mudar nada, porém deu total apoio ao FALE e também confirmou presença no P&D em outubro para mesmo assim debater a causa por lá!

Relatos e Feedbacks | Nordeste | UFMA

setembro 14, 2010 § Deixe um comentário

Na UFMA (Universidade Federal do Maranhão) houve a implantação na nova grade curricular e a modificação do nome do curso pra Design (anteriormente Desenho Industrial com habilitação em Projeto de Produto).

 A modificação ocorreu com a introdução de disciplinas de Design Gráfico na grade curricular já existente e com a redução da carga horária de algumas disciplinas, ou seja, segundo a coordenadora do curso, houve uma reformulação segundo as novas diretrizes do MEC, tornando o curso generalista com mais ou menos 2.800 horas (a grade antiga tem mais ou menos 3.000 hrs) durante 4 anos.

 A estudante Jaana ainda não pode conversar de fato com a professora, mas ela já adiantou que ou ela ou outro professor irão pro 9° P&D.